Arqueiros concluem etapa do Campeonato Couto Alvarez de Tiro com Arco

Atletas medalhistas do Campeonato Couto Alvarez de Tiro com Arco Indoor

Atletas medalhistas do Campeonato Couto Alvarez de Tiro com Arco Indoor

Foi dada a largada do I Campeonato Couto Alvarez de Tiro com Arco Indoor. A competição foi concluída na tarde de sábado (25) na Escola de Equitação Christus, em Fortaleza, com sete medalhistas, divididos em três categorias.

No composto masculino, Eugênio Santana Franco somou 541 pontos de 600 possíveis e faturou a medalha de ouro. No recurvo feminino, venceu Liane Nobre, e no recurvo masculino subiram ao pódio Francisco Lucas, com medalha de prata, e Wagner Chaves, com 437 pontos.

Além do ranking cearense, esses atletas somam pontos também para o ranking nacional da Confederação Brasileira de Tiro com Arco.

Também foram medalhistas três arqueiros na categoria instintivo: Wanderlei Silva teve a maior pontuação e ficou com medalha de ouro; em seguida aparecem Alex Costa com a prata e João Paulo com o bronze.

O Campeonato Indoor é dividido em cinco etapas e ao final de todas ela é o campeão o arqueiro com a maior média em sua categoria, considerando as três maiores pontuações.

Confira a pontuação dos vencedores:

Composto masculino:
Eugênio Santana Franco, 541

Recurvo feminino:
Liane Nobre, 385

Recurvo masculino:
Wagner Chaves, 437
Francisco Lucas, 411

Instintivo:
João Paulo Almeida, 312
Alex Costa, 344
Wanderlei Silva, 378

Ceará tem 1º torneio de tiro com arco fora de Fortaleza

Arqueiros de Barreira fazem o primeiro torneio de tiro com arco fora de Fortaleza.

Arqueiros de Barreira fazem o primeiro torneio de tiro com arco fora de Fortaleza.

O Ceará teve o seu primeiro torneio de tiro com arco realizado fora da capital. Os arqueiros de Barreira, na Grande Fortaleza, disputaram a primeira etapa do campeonato municipal, realizado pela Ordem dos Arqueiros Barreira.

O arqueiro Wagner Chaves, membro da Ordem, afirmou que o objetivo é realizar o campeonato barreirense em etapas, como o torneio estadual de tiro com arco, e definir o campeão da cidade até o fim do ano.

A Federação Cearense de Tiro com Arco parabeniza os organizadores e atletas e vê nessa prova o crescimento do esporte no Estado para além das atividades desta entidade.

Confira a pontuação dos participantes
Recurvo Olímpico 18 metros, 10 rodadas
Wagner 498 pontos

Instintivo 18 metros, 10 rodadas
Wanderley Silva 306 pontos
Jorge 236 pontos
Alex Sandro 146 pontos ( 7 rodadas )

Instintivo 15 metros, 10 rodadas
João Paulo 284 pontos
Victor Saldanha 209 pontos

Campeonato Couto Alvarez de Tiro com Arco tem 10 medalhistas na 1ª etapa

fotos700O Campeonato Couto Alvarez de Tiro com Arco – o torneio cearense do esporte – teve sua primeira etapa concluída neste domingo (24) na Escola de Equitação Christus, em Fortaleza, com destaque para seis atletas que participaram pela primeira de uma vez de uma competição de arco e flecha.

Entre os atletas que participaram da categoria iniciante, atirando com arco instintivo a 12 metros, foram medalhistas João Paulo Almeida, José Victor, Paulo César e Caio Nascimento. No tiro instintivo a 18 metros, Wanderlei Silva foi medalha de ouro com 324 pontos e Francisco José da Silva levou a prata.

No recurvo olímpico, levaram medalha de ouro Arnaldo de Barros atirando aos 70 metros e Francisco Lucas nos 50 metros. Nos 50 metros feminino, Liane Nobre subiu ao ponto mais alto do pódio. No masculino 30 metros, Wagner Chaves fez 604 pontos.

O Campeonato Couto Alvarez é uma sucessão do Campeonato Cearense de Tiro com Arco, que recebe este nome em homenagem ao arqueiro Couto Alvarez, falecido em 18 de janeiro deste ano.

Confira a pontuação dos atletas:

Instintivo 12 metros 
Paulo César, 94
Caio Nascimento, 334
José Victor, 346
João Paulo Almeida, 388

Instintivo 18 metros 
Francisco José da Silva, 292
Wanderlei Silva, 324

Recurvo olímpico
Arnaldo de Barros, 285
Francisco Lucas, 450
Liane Nobre, 534
Wagner Chaves, 604

Campeonato Couto Alvarez de Tiro com Arco estreia com prova internacional

Campeonato de tiro com arco homenageia o diretor eleito Couto Alvarez

Campeonato de tiro com arco homenageia o diretor eleito Couto Alvarez, falecido em janeiro

O Campeonato Couto Alvarez de Tiro com Arco 2016 estreia em 19 de março com uma competição Indoor internacional, o Mica, torneio realizado simultaneamente em dezenas de países. No Mica, os participantes têm a oportunidade de registrar a pontuação no ranking internacional do esporte.

CONFIRA A DATA DE TODAS AS ETAPAS

Os campeonatos serão realizados em nove etapas, cinco outdoor e quatro indoor. O campeão de cada categoria é o que obtiver a maior soma das três melhores pontuações nas provas.

O Campeonato Couto Alvarez de Tiro com Arco 2016 é uma sucessão do Campeonato Cearense de Tiro com Arco, que muda de nome para homenagear o diretor eleito da Federação Cearense de Tiro com Arco (FCETARCO), falecido em 18 de janeiro.

Nas etapas, podem participar atletas de todos os estados brasileiros e também de outros países. As provas outdoor serão realizadas na Escola de Equitação Christus. As etapas indoor ocorrerão em locais ainda a definir; os endereços são informados previamente neste portal.

O vencedor de cada etapa é premiado com medalha e o vencedor do ano em cada modalidade receberá o troféu Couto Alvarez.

Confira os campeões e os resultados de todas as etapas do Camp. Cearense 2015

O primeiro ano de atividades oficiais da Federação Cearense de Tiro com Arco (FCETARCO) terminou com mais de 90 medalhas e 10 troféus entregues aos atletas mais bem pontuados do estado. O objetivo para 2016, segundo ano de provas oficiais, é aumentar o número de atletas e competidores na linha de tiro.

CAMPEÕES CEARENSES 2015 DE TIRO COM ARCO INDOOR

Arqueiros campeões do tiro com arco indoor no Ceará

Arqueiros campeões do tiro com arco indoor no Ceará

Cinco campeões de tiro com arco indoor ergueram troféus no último evento oficial do Campeonato Cearense 2015. O campeão de cada categoria foi definido na quarta e última etapa do Campeonato Cearense Indoor, realizada na Escola de Equitação Christus, em Fortaleza.

No arco composto, Eugênio Franco venceu a última etapa com 529 pontos (de 600 possíveis) e levou também o troféu de campeão do ano. No recurvo feminino, Liane Nobre também fez a dobradinha e levou medalha de ouro e troféu.

Já no recurvo masculino, Francisco Lucas venceu a última etapa com 423 pontos, mas quem ficou com o troféu na categoria foi Arnaldo de Barros, que teve a melhor média na pontuação de todas as etapas. Couto Alvarez foi medalha de bronze na etapa final.

No instintivo deu Wagner Chaves como vencedor da etapa e campeão do ano. Ele também foi campeão no tiro instintivo outdoor, cuja final foi realizada na semana passada.

CAMPEÕES CEARENSE 2015 DE TIRO COM ARCO OUTDOOR

Arqueiros históricos: surgem os primeiros campeões cearense de tiro com arco

Arqueiros históricos: surgem os primeiros campeões cearense de tiro com arco

Cinco cearenses se consagraram, em categorias diferentes, os primeiros campeões do estado no esporte. Dos cinco campeões de 2015, quatro venceram também a sexta etapa do Campeonato Outdoor.

No tiro instintivo, o recordista cearense Wagner Chaves foi o campeão do ano. Na última etapa ele marcou 515 pontos de 540 possíveis. Ele venceu cinco das seis etapas do campeonato outdoor e foi medalha de prata em uma das competições.

No recurvo, levantaram troféus Liane Nobre no feminino e Arnaldo no masculino. No composto, Eugênio Franco foi campeão. Ele venceu a sexta etapa ao marcar 611 pontos de 720 possíveis. Eugênio venceu quatro de seis etapas do tiro com arco outdoor, foi vice em uma delas e esteve ausente em outra.

No recurvo 30 metros o campeão foi Francisco Lucas, vencedor de quatro das seis etapas da competição. Na etapa final ele marcou 460 pontos de 540 possíveis.

Para definir o campeão do ano em cada categoria, são somadas as três maiores pontuações das etapas ao longo do ano. O arqueiro que obtiver a maior soma vence a modalidade.

CONFIRA A PONTUAÇÃO DE TODAS AS PROVAS DE 2015

FEVEREIRO
OUTDOOR
15 de fevereiro, domingo
Das 8h às 14h.
Veja como foi.

MARÇO
OUTDOOR
15 de março, domingo
Das 8h às 14h.
Veja como foi.

MAIO
INDOOR

17 de maio, domingo
Das 8h às 14h.
Veja como foi.

OUTDOOR
31 de maio, domingo

Das 8h às 14h.
Veja como foi.

JUNHO
INDOOR
27 de junho, sábado
Das 8h às 14h.
Veja como foi.

JULHO
OUTDOOR
12 de julho, domingo
Das 8h às 14h.
Veja como foi.

AGOSTO
INDOOR
29 de agosto, sábado
Das 13h às 15h
Veja como foi.

SETEMBRO
OUTDOOR
20 de setembro, domingo
Das 8h às 14h.
Veja como foi.

DEZEMBRO
OUTDOOR – FINAL
6 de dezembro, domingo
Das 8h às 14h
Veja como foi.

INDOOR – FINAL
12 de dezembro, sábado
Das 13h às 16h
Veja como foi.

Nota de pesar

couto-fA Federação Cearense de Tiro com Arco (FCETARCO) lamenta a morte do arqueiro, amigo e diretor Couto Alvarez, que cativou várias amizades entre os atletas do tiro com arco no Ceará.

Couto Alvarez foi medalhista em diversas etapas do Campeonato Cearense de Tiro com Arco 2015 e recém-eleito, por unanimidade, diretor da FCETARCO. Prestou grande contribuição para o tiro com arco no Ceará.

Como atleta de tiro esportivo, ganhou vários títulos nacionais ao longo de uma carreira prolífica.

Nos encontros e competições, era impossível ver Couto sem estar sorrindo e fazendo os demais sorrirem.

A Federação Cearense de Tiro com Arco presta as solidariedades e conforto à família de Couto Alvarez.

Descanse em paz.

FCETARCO encerra provas oficiais de 2015 com cinco campeões cearenses

Arqueiros campeões do tiro com arco indoor no Ceará

Arqueiros campeões do tiro com arco indoor no Ceará

Cinco campeões de tiro com arco indoor ergueram troféus no último evento oficial do Campeonato Cearense 2015. O campeão de cada categoria foi definido na quarta e última etapa do Campeonato Cearense Indoor, realizada neste sábado (12) na Escola de Equitação Christus, em Fortaleza.

No arco composto, Eugênio Franco venceu a última etapa com 529 pontos (de 600 possíveis) e levou também o troféu de campeão do ano. No recurvo feminino, Liane Nobre também fez a dobradinha e levou medalha de ouro e troféu.

Já no recurvo masculino, Francisco Lucas venceu a última etapa com 423 pontos, mas quem ficou com o troféu na categoria foi Arnaldo de Barros, que teve a melhor média na pontuação de todas as etapas. Couto Alvarez foi medalha de bronze na etapa final.

No instintivo deu Wagner Chaves como vencedor da etapa e campeão do ano. Ele também foi campeão no tiro instintivo outdoor, cuja final foi realizada passada.

Com esta final concluída, a Federação Cearense de Tiro com Arco (FCETARCO) encerra o calendário de provas oficiais 2015. Em breve serão divulgadas novas datas de prova para 2016.

Agradecemos a participação de todos os arqueiros, organizadores e torcedores que estiveram presentes ao longo do ano.

Bons tiros e feliz 2016.

Pontuação dos vencedores
Tiro Instintivo
Wagner Chaves, 392 (de 420 possíveis)

Recurvo masculino
Francisco Lucas, 423 (de 600 possíveis)
Arnaldo de Barros, 392
Couto Alvarez, 259

Recurvo feminino
Liane Nobre, 

Composto Masculino
Eugênio Franco, 529 (de 600 possíveis)

Dia histórico! Ceará tem os primeiros campeões estaduais de tiro com arco

Arqueiros históricos: surgem os primeiros campeões cearense de tiro com arco

Arqueiros históricos: surgem os primeiros campeões cearense de tiro com arco

Definidos os primeiros campeões cearenses de tiro com arco. Após a conclusão da sexta e última etapa do Campeonato Cearense de Tiro com Arco Outdoor, neste domingo (6), cinco cearenses se consagraram, em categorias diferentes, os primeiros campeões do estado no esporte. Dos cinco campeões de 2015, quatro venceram também a sexta etapa do Campeonato Outdoor.

No tiro instintivo, o recordista cearense Wagner Chaves foi o campeão do ano. Na última etapa ele marcou 515 pontos de 540 possíveis. Ele venceu cinco das seis etapas do campeonato outdoor e foi medalha de prata em uma das competições.

No recurvo, levantaram troféus Liane Nobre no feminino e Arnaldo no masculino. No composto, Eugênio Franco foi campeão. Ele venceu a sexta etapa ao marcar 611 pontos de 720 possíveis. Eugênio venceu quatro de seis etapas do tiro com arco outdoor, foi vice em uma delas e esteve ausente em outra.

No recurvo 30 metros o campeão foi Francisco Lucas, vencedor de quatro das seis etapas da competição. Na etapa final ele marcou 460 pontos de 540 possíveis.

Para definir o campeão do ano em cada categoria, são somadas as três maiores pontuações das etapas ao longo do ano. O arqueiro que obtiver a maior soma vence a modalidade.

Final do Indoor
No próximo sábado (12), competidores vão disputar o título de campeão cearense de tiro com arco indoor, na Escola de Equitação Christus, a partir das 13h. Vencerá, em cada modalidade, o atleta que obtiver a maior soma das duas maiores pontuações em todas as etapas. Os atletas cearenses e torcedores estão convidados para a última prova oficial do estado do esporte tiro com arco em 2015.

Bons tiros a todos.

Pontuação dos medalhistas na sexta etapa do Campeonato Cearense de Tiro com Arco Outdoor
Composto
Eugênio Fraco, 611 pontos de 720 possíveis

Iniciante

Alex Sandro, 469 de 540 possíveis
Roberto Faust, 394

Recurvo feminino
Liane Nobre

Recurvo 30 metros
Francisco Lucas, 460 de 540 possíveis
José Couto, 424

Tiro instintivo
Wagner Chaves, 515 de 540 possíveis
Paulo Jucá, 480
Irenise Barros, 429

Pânico do amarelo: o que é e como ‘curar’

Para o vice-campeão mundial Marcus D'Almeida, pânico do amarelo pode ser desculpa para mascarar tiros ruins

Para o vice-campeão mundial Marcus D’Almeida, pânico do amarelo pode ser desculpa para mascarar tiros ruins

Para alguns arqueiros é apenas mito, para outros é a incapacidade de mirar e atingir a zona de pontuação máxima. Há vários relatos sobre os efeitos do pânico do amarelo no arqueiro, mas o resultado é o mesmo: é impossível acertar a cor amarela.

Alguns competidores afirmam que simplesmente não conseguem disparar quando a mira está perfeita, temendo um desvio no momento final do tiro; outros sofrem com uma barreira psicológica que a impede de mirar no centro do alvo.

Não há um consenso, mesmo entre os atletas de ponta, sobre o que é exatamente o pânico do amarelo (ou target panic, em inglês), nem mesmo se ele existe.

“Muita gente fala que não consegue mirar no amarelo. Você fica em pânico e não consegue mirar, acaba puxando para o lado, vai para o vermelho. Tem artigos que dizem que é uma falha de alguns arqueiros, que isso vai passar e vira um ensinamento. Eu acho que isso, às vezes, pode servir também como desculpa para quem não consegue bons tiros” relata o bicampeão brasileiro e vice-campeão mundial Marcus Vinicius D’Almeida, em entrevista ao Globo Esporte.

Já Roberval do Santos, que já foi terceiro no ranking mundial no arco composto, relata que sofreu com a síndrome. “Eu chegava ao vermelho, acima, e não conseguia baixar. Disparava sempre antes de chegar ao amarelo. Para solucionar esse problema, alguns arqueiros trocam o gatilho ou fazem treinamentos muito radicais, tipo você atirar com o braço trocado.” Nas situações relatadas pelos dois campeões, o erro é mais físico do que psicológico.

A causa e a ‘cura’
Na maior parte dos casos, segundo o manual do treinador da World Archery, o pânico do amarelo nasce de técnicas inadequadas ou incorretas levadas adiante pelo arqueiro ao longo do treino. O atleta mira no ponto certo do alvo, mas um erro técnico faz com ele atinja outro ponto que não o centro.

A partir daí é plantada na cabeça do arqueiro a ideia desesperadora: “estou fazendo tudo certo, mas simplesmente não alcanço o 10”. E o que ele faz depois é não mirar no amarelo. Para a “cura” do pânico, o segredo é um só: é preciso um bom treinador que tenha a capacidade de enxergar e corrigir as falhas do atleta, além de prepará-lo psicologicamente para uma competição.

O coreano que formou diversos medalhistas olímpicos Kisik Lee afirma que o tiro com arco é um esporte 70% mental. Pode parecer um exagero aos atletas iniciantes, que focam – apropriadamente – os treinos na parte física. No entanto, é preciso saber que para chegar ao alto nível de competição, é necessário estar preparado também mentalmente.

Eugênio Franco é medalha de bronze no Campeonato Brasileiro Paralímpico

eugenio700O atleta cearense Eugênio Franco foi o terceiro colocado no Campeonato Brasileiro de Tiro com Arco 2015, na categoria paratleta. O arqueiro repete o feito de 2013, quando havia sido medalha de bronze no Rio de Janeiro.

O resultado é o melhor de um atleta cearense em qualquer categoria do maior campeonato brasileiro do esporte. Eugênio Franco concluiu a fase classificatória com 626 pontos; o primeiro colocado, Andrey Muniz Castro, obteve 672 pontos.

O 41º Campeonato Brasileiro de Tiro com Arco e 9º Campeonato Brasileiro Paralímpico de Tiro com Arco ocorrem simultaneamente em Goiânia, de 28 de outubro a 1º de novembro, data da entrega de medalha dos atletas.

A Federação Cearense de Tiro com Arco parabeniza o atleta Eugênio Franco por mais uma medalha conquistada em uma competição nacional representando o Ceará.